Campo Mourão, segunda-feira, 27 de setembro de 2021 ESCOLHA SUA CIDADE

Brasil

24/08/2021

Grandes clássicos do divertimento

Grandes clássicos do divertimento

Vivemos em uma época cheia de novidades. A cada dia surge um aplicativo novo para alguma velha necessidade humana. É a marcha do progresso, e isso é bom e também natural. No entanto, ter novas tecnologias não significa o fim de antigos prazeres. Em alguns casos, um se junta ao outro, e a experiência fica ainda melhor. Pensando nisso, preparamos uma lista com alguns dos grandes clássicos do divertimento, de ontem, de hoje e de sempre.

Música clássica

Há pouco mais de um século, música clássica era só... música. Obras sinfônicas, interpretadas por orquestras, árias com sopranos e tenores, ou alegres operetas – isso era o que nobres e plebeus escutavam. Desde o início do século XX, e com o advento das gravações, o cenário mudou e fomos do charleston ao samba, do blues ao rock. E se hoje não se vê novas óperas sendo compostas, ao menos se vê muitas encenações das obras antigas. Todo o ano, em Praga, o Teatro de Repertório abre sua temporada com uma encenação de Don Giovanni – porque foi ali que Mozart conduziu a estreia da ópera, em 1787.

Poucos sabem, mas o Paraná é líder na fabricação de instrumentos musicais. O que demonstra que há interesse e mercado. Na verdade, a música clássica ainda é composta e está presente, mais do que se costuma perceber. Porém, em vez de acompanhar um libreto, ela serve de trilha sonora para os blockbusters de Hollywood. Quem não reconhece os acordes retumbantes da Marcha Imperial em Star Wars? John Williams está para o cinema assim como Mahler estava para a Ópera de Viena.

Seja nos filmes ou naquela velha bolacha de vinil, música clássica é – com o perdão da redundância – um clássico.

Jogos de cartas

Se você tem um celular, certamente possui um mundo de jogos disponíveis na palma da mão. Mas antes dos videogames, havia um tipo de entretenimento extremamente estimulante: os jogos de cartas.

Nada bate o charme de um baralho real, com sua textura aveludada e seus desenhos quase oníricos. Manipulá-lo é, por si só, uma diversão. Entre os títulos clássicos de hoje e de sempre, destaca-se o blackjack. Símbolo de elegância em inúmeros filmes, ele tem regras simples e muito dinamismo. Se você não possui um adversário à mão, faça uso de sua internet. As versões online funcionam muito bem. Um dos casos em que a tecnologia ajuda, ainda que se perca aquele toque de cetim mencionado no início do parágrafo.

Danças de salão

Há quem ria quando se fala em bailar com um parceiro. Nos tempos modernos, a dança (como tantas outras coisas) virou um ato solitário e propositadamente sem regras. Cada indivíduo dança como quer, com quem quiser, e se quiser. No entanto, a atividade em par é um divertimento lúdico. É preciso saber como se dança, ter alguma noção de ritmo e – é bom ressaltar – uma razoável condição física.

Serenata

No passado, um jovem romântico se declararia à amada cantando sob sua sacada. Hoje, as sacadas podem estar no vigésimo andar, então é mais fácil mandar o link da música no WhatsApp. Mas, em situações específicas, cantar para quem se gosta, com ou sem violão a tiracolo, ainda é um prazer clássico. Para quem canta e para quem é cantado.  

Sarau

Outro prazer que foi solapado pelos meios instantâneos de comunicação. Em um sarau, pessoas com interesses literários em comum se reuniam para ler e ouvir trechos das suas obras favoritas. Muitos traziam seus próprios poemas e os declamavam. Eventualmente alguém dedilhava o violão (olha ele aí de novo) e se emendava uma cantoria noite adentro.

Pode parecer surpreendente que todas essas atividades sobrevivam nos dias de hoje, ainda que de forma muito mais discreta. Mas ao contrário do que muitos imaginam, as novas tecnologias não eliminam o que veio antes. Streamings, videogames, celulares e congêneres criam um novo espaço próprio de diversão, sem destruir os anteriores, que continuam existindo, mas agora sob uma categoria própria: os clássicos.  

Fonte: CAMPO MOURÃO | CIDADE PORTAL

OPINE!

CIDADE PORTAL
(44) 3522-7297 | (44) 99979-8991 | (44) 99979-3334 |
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio
de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do Site CIDADE PORTAL.

Desenvolvido por Cidade Portal