Campo Mourão, quinta-feira, 19 de maio de 2022 ESCOLHA SUA CIDADE

Brasil

04/01/2022 | Concebido por Goioerê

Seca e dólar puxam alta no valor do café, o maior em 25 anos

Seca e dólar puxam alta no valor do café, o maior em 25 anos

Saca teve variação de mais de R$ 840 de um ano para outro, sendo cotada a R$ 1.441,82 na Bolsa de Nova York no final de 2021.

O preço do café atingiu o maior valor em 25 anos. A saca do grão estava R$ 843 mais cara no final de 2021 ao comparar com o mesmo mês de 2020.

Em dezembro de 2020, tinha preço base na Bolsa de Valores de Nova York de quase R$ 598,23. Um ano depois, o valor chegou a R$ 1.441,82.

Seca, geada e menos boi no pasto: a variação dos preços dos alimentos em 2021 explicada pelo campo

Seca vai deixar alimentos ainda mais caros; entenda

O preço café moído aumentou 7% nas prateleiras do supermercado em novembro de um mês para outro, de acordo com o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA). Em um ano, a alta foi de 42%.

Motivos da alta

Maior produtor do mundo, o Brasil vende no mercado interno a preço de exportação. Por estar cotado na Bolsa da NY, o grão sofre influência do dólar.

O clima também impulsionou a alta. Escassez de chuva e geadas são apontados por especialistas como fatores no aumento no valor.

WEBSTORIES: saiba como preparar um café perfeito

QUIZ: Você entende de café?

“Esse preço vai ficar firme até março, ainda com viés de alta. E, a partir de março, quando tivermos mais esclarecido quanto vai ser a safra, o preço deve se estabilizar”, diz Celírio Inácio, diretor-executivo da Associação Brasileira da Indústria de Café (Abic).

 

PUBLICIDADE

Fonte: GOIOERÊ | CIDADE PORTAL | G1

OPINE!

CIDADE PORTAL
(44) 3522-7297 | (44) 99979-8991 | (44) 99979-3334 |
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio
de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do Site CIDADE PORTAL.

Desenvolvido por Cidade Portal