Campo Mourão, quarta-feira, 28 de outubro de 2020 ESCOLHA SUA CIDADE

Campo Mourão

26/09/2019

Nota de Esclarecimento - Ação do Ministério Público de Campo Mourão

Nota de Esclarecimento - Ação do Ministério Público de Campo Mourão

O Município de Campo Mourão, incansavelmente, vem, por meio deste, emitir mais uma NOTA DE ESCLARECIMENTO acerca de fatos julgados de forma subjetiva pelo Ministério Público, relacionados à contratação de serviços médicos, os quais a Municipalidade teve conhecimento por meio da imprensa.

1. A prestação de serviços médicos é essencial e continuada, não podendo ser interrompida, dada a sua natureza e relevância em razão das necessidades da coletividade;

2. O Município de Campo Mourão NÃO sofreu e nem está sofrendo prejuízos com as contratações de serviços médicos;

3. Esses serviços contratados foram e estão sendo prestados a toda população, ininterruptamente;

4. A Constituição Federal de fato exige que se faça concurso público para preenchimento de cargos públicos. O Município de Campo Mourão cumpriu o comando constitucional e realizou vários concursos públicos.

5. Em 2015 foram realizados 02 concursos para cargos de médico. No primeiro concurso não houve classificados para algumas especialidades e, para outras, os candidatos aprovados não assumiram os cargos. E no segundo concurso, igualmente, não houveclassificados.

6. No ano de 2017, ao constatar a falta de médicos, iniciou-se o processo licitatório para realização de novo concurso público. Então, em 2018, foram realizados mais 02 concursos. Dos 10 candidatos aprovados para clínico geral, somente 02 assumiram, e dos 45 convocados para o Programa Saúde da Família, somente 14 assumiram. Para os cargos de ginecologista, pediatra e psiquiatra sequer houve inscritos;

7. Diante deste contexto, qual alternativa restava ao Município? Contratar médicos por meio de processo licitatório ou suspender os atendimentos na área da saúde a toda população? Será que haveria ação judicial se tivessem optado pela segunda hipótese?

8. Certamente se o Município não tivesse contratado médicos por meio de processos licitatórios, não haveria profissionais MÉDICOS PLANTONISTAS na Unidade 24 Horas/UPA e nos demais Postos de Saúde – fato que acarretaria prejuízos irreparáveis ao cidadão usuário da saúde pública.

9. Trata-se de problema existente em âmbito nacional, justificado pelos salários não atrativos que o poder público pode oferecer, frente as remunerações consideravelmente mais vantajosas oferecidas no setor privado;

10. Os gestores da Secretaria de Saúde e os servidores públicos efetivos da área que participaram dos processos de contratação de serviços médicos JAMAIS agiram com má-fé, com a intenção de burlar a legislação e causar prejuízos ao erário público. Ao revés, trabalharam em busca de assegurar aos usuários da saúde atendimento médico digno e continuado.

 

Campo Mourão (PR), 25 de setembro de 2019

 

Cidade Portal - O Seu Portal de Notícias!
** Envie fotos, vídeos, denúncias e reclamações para a equipe do Cidade Portal pelo WhatsApp (44) 99979-8991 ou entre em contato pelo (44) 3522-7297

 

PUBLICIDADE

Fonte: CAMPO MOURÃO | CIDADE PORTAL | ASSESSORIA DE IMPRENSA

OPINE!

CIDADE PORTAL
(44) 3522-7297 | (44) 99979-8991 | (44) 99979-3334 |
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio
de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do Site CIDADE PORTAL.

Desenvolvido por Cidade Portal